terça-feira, 20 de abril de 2010

Sarau da Inconfidência

Um grande amigo elaborou o texto. Uma grande amiga auxiliou na organização e direção. Os dois amigos me deram, de presente, o convite para participar de um sarau que contou a história e apontou a trajetória da Inconfidência Mineira.

O Sarau da Inconfidência foi uma leitura dramatizada do Romanceiro da Inconfidência, de Cecília Meireles. Além do texto da autora, recortes de poemas (do Arcadismo ao Modernismo), poemas musicados e canções populares também integraram a apresentação.

Ontem à noite, apresentamos o Sarau. Foi emocionante. Percorrer a história - que, por mais distante, está tão próxima - é um exercício que sempre nos faz refletir. Envolver-se com a arte - em suas múltiplas formas - sensibiliza-nos. Na lembrança, uma percepção nova do passado que envolveu a luta pela liberdade nas Minas Gerais.

Ao Sandro, meus cumprimentos e aplausos! À Jaciluz, minha admiração!

Clicando aqui, você vê algumas fotos do espetáculo.

2 comentários:

Jaci disse...

Edson, sempre um fofo, encantador.
Honra foi a minha de poder contracenar com o seu talento e a sua humildade! Eu é que agradeço! Acima de tudo, a Deus, por sua amizade!
Forte abraço.
E, como sempre, lindo seu blog.

Ronni disse...

Puxa, imagino o quão legal e enriquecedor deve ter sido!
E, quem diria, ator Edson!
Pena não ter estado lá...
Fica me devendo!