quarta-feira, 2 de abril de 2008

Concerto

Já há um tempo, estive num concerto de instrumentos de sopro junto de minha família norueguesa. O meu irmão mais novo aqui toca saxofone: ele tem dez anos e já é bem esperto! Junto dele, mais uma dezena de estudantes se apresentaram naquela noite. Depois de muito ensaio, era hora de encarar a platéia – predominantemente, formada por pais e mães – e executar a música que tinham preparado.


O que mais me chamou atenção naquele dia foi a atitude do professor. Ele apresentava cada aluno. Conhecendo o jeito de cada um, deixava-os seguros diante do desafio de tocar em público. Às vezes, ele acompanhava o estudante tocando junto: na verdade, o mestre não tocava a mesma coisa, mas a sua música fazia toda a diferença e se tornava uma com a do aluno. Motivação e encorajamento são também duas características que pude notar. Aliás, essas duas são essenciais em toda a trajetória: do começo dos ensaios até a apresentação.


E é nessa situação simples que pude entender um pouquinho mais do que o meu Deus faz por mim e é para mim. Sim, Ele é o meu mestre. Eu apenas estou aprendendo a utilizar o meu instrumento, que é minha vida, de acordo com as instruções dAquele que sabe muito sobre ela. O meu mestre é o autor da vida. E Ele me deu algumas lições:


-Ele me conhece muito bem;
-Ele faz com que eu me sinta seguro, não por mim mesmo, mas por Ele;
-Ele me motiva e me encoraja na comunhão com Ele;
-Ele está junto de mim, não faço nada sozinho;
-Ele age além da normalidade, muito além daquilo que eu entendo;
-Ele nos conduz e nos desafia também.

2 comentários:

Elaine disse...

uaua, Edson...
que aprendizado bonito.... e importante...
Valeu por compartilhar!!!

Elaine disse...

Uau... Edson...
que aprendizado bonito e importante!!
Valeu por compartilhar!
Deus eh bom demais... e sempre esta conosco em todas as situacoes .... sem duvida!!! =)